DESTAQUES

Pensamento obsessivo e compulsivo: quais podem ser as causas?

Eduardo Ferreira Santos 01/01/2016 PSICOLOGIA
Ir ao psicólogo somente uma vez não resolve o problema

por Eduardo Ferreira Santos

"Tenho 43 anos. Em 2013 tive uma fase financeira pesada. Hoje, em momento de recuperação desse difícil período, não consigo tirar da minha mente o seguinte: ouço uma voz interna que vou perder tudo que tenho. Já fui em psicólogo, psiquiatra. O que posso fazer para eliminar este pensamento e uma tristeza interna que está dentro de mim? Quero ser feliz!"

Resposta: Quando se tem um pensamento obsessivo, intrusivo, o primeiro passo é descobrir o que há de disfuncional em seu psiquismo.

Certamente há uma grande ansiedade gerando todo esse desconforto e infelicidade, cuja causa apenas uma boa psicoterapia poderá ajudá-lo.

Às vezes, as pessoas pensam que ir a um psicólogo ou psiquiatra apenas uma vez pode resolver um problema, mas não é bem assim.

Quando há alguma inquietação na mente, é preciso que se trabalhe profundamente toda a estrutura psicológica que, evidentemente, está abalada.

Medicações podem ajudar e muito para reduzir e até extinguir esse tipo de problema, mas, insisto, é preciso um trabalho amplo e profundo para resolvê-lo.

Procure um psiquiatra psicoterapeuta e faça uma boa psicoterapia.

Atenção!

Este texto e esta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um médico e não se caracterizam como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra e psicólogo Eduardo Ferreira Santos responderá dúvidas e perguntas sobre os relacionamentos de uma maneira geral, sobre autoestima e conflitos emocionais. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Eduardo Ferreira Santos

Psiquiatra e psicoterapeuta. Obteve Titulo de Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e o de Doutor em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina na USP. Escreveu os seguintes livros sobre relacionamento amoroso: Casamento missão (quase) impossível; Ciúme: O medo da perda; Ciúme: O lado amargo do amor Mais informações: www.ferreira-santos.med.br



ENQUETE

Qual o preço de se buscar a perfeição?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.