DESTAQUES

Terminamos e somos amigos... Existe chance de reconquistá-la?

Eduardo Yabusaki 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Deixe tudo de negativo para trás

por Eduardo Yabusaki

No dia a dia do relacionamento a dois é comum acontecer a ruptura, mas nem sempre ela é vivida de forma tranquila ou pacífica; quase sempre ficam mágoas e ressentimentos e qualquer aproximação fica impossível.

No entanto, existem casos em que após a poeira baixar, é possível que ambos avaliem o ocorrido e a partir daí possam se tornar simplesmente amigos ou ficar com aquela dúvida se devem reatar ou não.

- Será que tem chance dar certo ou não? – questionam-se...

Por mais que ambos saibam que as discussões e desentendimentos façam parte de qualquer relacionamento, quando acontece é sempre muito difícil, pois isso gera raiva e mágoa mal digeridas.

Pessoas que se relacionam e se casam certamente têm bons sentimentos e se amam em nome de sua história. Nesse sentido sempre vale a pena rever e buscar mudanças em favor de tudo que foi construído. Porém, nem sempre essa tarefa é fácil.

Existe alguma chance de reconquista?

Certamente sim, mas não depende só de querer ou de saber que isso pode acontecer.

1º) Passo: avaliar os erros e buscar o autoperfeiçoamento

Quando as bases de um relacionamento se estremecem, é sinal de que mudanças precisam acontecer e para isso ambos precisam se dispor para o novo. Afinal, precisam refletir e avaliar qual foi a participação de cada um no que provocou o desencontro e a consequentemente ruptura.

Não resolve buscar culpados, mas sim assumir que ocorreram conflitos e mágoas sem que a intenção fosse essa, mas que muitas vezes foram inevitáveis.

Sabendo disso, o que fazer então?

É importante ter claro que num relacionamento sempre devemos buscar o aperfeiçoamento de nós mesmos e da relação, bem como maior felicidade e entendimento.

2º) Passo: olhar para frente e buscar o novo

Nessa reconquista é preciso resgatar os bons momentos e sentimentos, bem como criar outros agradáveis, novos e surpreendentes. Portanto, deixe tudo de negativo para trás e busque aquilo que possa proporcionar bons sentimentos, alegria, descontração e prazer.

Os principais objetivos da vida a dois devem ser o prazer, a alegria e a satisfação pela boa convivência, e nessa busca vale tudo, principalmente ser muito disposto e criativo. Acredite sempre em você, no relacionamento e vá à luta!




Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.