DESTAQUES

Dia dos Namorados: comemorar a data pode resgatar relacionamento desgastado?

Anette Lewin 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Anette Lewin

Resposta: Comemorações pretendem reafirmar, enfatizar, rememorar, planejar ou, por que não, salvar um relacionamento. Se conseguem atingir esses objetivos....ai e que são elas!

Um namoro que vai bem, em geral, é aquele que se comemora diariamente; aquele em que o encontro por si só é o presente mais esperado. Mas, para quem vive em uma sociedade que estimula a comemoração de dias especiais, ficar fora da festa pode gerar frustração. Nesse sentido, muitas vezes a comemoração se torna obrigatória e, obviamente, frustrante.

Comemoração pode seguir linha da disputa

Quando o casal briga muito, e a relação está desgastada, é quase certo que uma comemoração também seguirá a linha da disputa. Cada um terá uma ideia e lutará por ela. Nesse sentido, o tiro pode sair pela culatra e, ao invés de reafirmar a relação, pode-se terminá-la de vez.

O item presentes é um outro tema que pode ser desvirtuado e, ao invés de melhorar o relacionamento, acabar causando mal-estar. Explico: no meio de tantas ofertas materiais, escolher aquela que seja objeto do desejo do(a) amado(a) requer um conhecimento muito aguçado de.... tamanho, cor, modelo... que, mesmo existindo, pouco acrescenta à qualidade da relação.
Dar presentes pouco acrescenta a um relacionamento desgastado

Quando a relação vai bem, aí a chance de uma comemoração dar certo é muito grande. E apenas reafirmará algo que já funciona, com ou sem festejos.

Enfim, se todos os enamorados se preocupassem mais com o dia a dia da relação, e investissem em gramas de afeto, centímetros de sensibilidade ou uma unidade de generosidade, os namoros certamente dispensariam a comemoração com quilos, metros ou dúzias de qualquer presente material. E durariam bem mais do que duram.

ATENÇÃO: As respostas do profissional desta coluna não substituem uma consulta ou acompanhamento de um profissional de psicologia e não se caracterizam como sendo um atendimento

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.