DESTAQUES

Relaxe através da respiração consciente

Emilce Shrividya Starling 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Emilce Shrividya Starling

Como você está nesta época do ano? Ansioso, impaciente e agitado? Está sempre pensando no futuro com expectativas? Anda e come depressa? Fala muito? Antecipa os acontecimentos, criando muitas fantasias em sua imaginação? Tem insônia e preocupação? Alimenta pensamentos negativos? Tem dores crônicas? Sente muitos medos?

Se a resposta é sim para muitas dessas perguntas, você precisa aprender a relaxar e ter uma melhor qualidade de vida.

O primeiro passo para melhorar é saber como você respira. Antes de começar a relaxar e a dissolver a ansiedade, você precisa conscientizar-se da sua maneira de respirar.

Esse é um aspecto muito importante para você começar a sentir apaziguamento, relaxar e meditar.

Existe uma relação entre a respiração e o nosso estado emocional. Quando estamos calmos, estamos respirando tranquilamente e quando estamos ansiosos, nossa respiração está agitada. A respiração e a mente estão intimamente ligadas. Ao aquietar sua respiração, sua mente automaticamente se acalma.

A Filosofia do Yoga é a ciência de respirar bem e ensina a consciência da respiração para acalmar a mente e o estado emocional.

O Yoga recomenda a respiração abdominal, também chamada de respiração diafragmática. Essa respiração deve ser abdominal, silenciosa, nasal, harmônica e lenta.

Aprenda a respirar conscientemente

Vamos fazer uma vivência para você ter consciência dessa respiração:

1. Deite-se de costas em um lugar confortável. Ou pode também sentar-se em uma cadeira.

2. Coloque uma das mãos sobre o osso do peito e a outra sobre o umbigo.

3. Feche os olhos e observe o fluxo da respiração. Perceba o que se move quando você inspira e expira.

4. Se seu abdômen sobe e desce naturalmente, sem você forçar nada, você já está respirando de maneira abdominal. Se perceber que seu tórax está subindo e descendo a cada respiração, você ainda precisa praticar a respiração diafragmática.

A respiração abdominal acontece naturalmente quando você dorme ou relaxa profundamente, mas para que seu corpo registre isso acordado, e possa respirar assim na sua vida diária, é muito bom praticar isso com regularidade.

Perceba que ao inspirar, você distende os músculos do abdômen para os lados, fazendo o umbigo movimentar suavemente para frente. Ao expirar, perceba que os músculos do abdômen se contraem suavemente para dentro, trazendo o umbigo para dentro.

A respiração deve ser silenciosa, nasal, tranquila. Deixe que o ritmo natural da respiração se instale. Não faça nada para respirar. Não fique querendo controlar a respiração ou brigar com ela. Aceite o ar que entra em seu corpo como um carinho, aceite o ar que sai do seu corpo livremente, sem resistência.

Sinta a respiração tranquila como uma música de ninar você, como a canção da vida apaziguando você.

Gosto muito de relaxar, deitada, depois do almoço, ou antes, de dormir, colocando as mãos como descrevi acima para sentir a respiração diafragmática. Eu me entrego sentindo o vai e vem da respiração.

Além de relaxar meu corpo, aprofundar minha respiração e acalmar minha mente, eu gosto de me apoiar no mantra So’ham (como descrevi no artigo anterior - clique aqui) e me deleito por alguns minutos.

Além de fazer minha prática diária de meditação, sentada na cadeira, ou no chão de pernas cruzadas, eu pratico, com regularidade, esse relaxamento deitada, sentindo a percepção da respiração e me entregando ao sagrado mantra So’ham. Isso me revitaliza, acalma e me conduz a níveis muito profundos.

Ensino essa conscientização da respiração abdominal para meus alunos de hatha yoga e eles sentem os efeitos benéficos em suas vidas. Passam a dormir melhor, ficam menos ansiosos e começam a viver mais o momento presente.

Se você tem dificuldade para meditar sentado, seria bom praticar diariamente, por uns dez minutos, essa consciência da respiração diafragmática. Além de se acalmar, você terá mais facilidade para meditar.

Lembre-se de algo importante: você não está aprendendo a respirar, pois é a vida que respira em você. Você está apenas permitindo que o ritmo natural da respiração se instale. Você está se permitindo sentir momentos de apaziguamento, sentindo bem na sua própria companhia. Pratique e sinta-se cada dia melhor e melhor. Fique em paz! Namastê! Deus em mim saúda e agradece Deus em você!

 




Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.