DESTAQUES

Cleptomania é a falha em resistir ao impulso de furtar objetos

Redação Vya Estelar 01/01/2016 PSICOLOGIA

por Ana Maria Costa

A cleptomania caracteriza-se pela incapacidade de resistir ao impulso de furtar objetos desnecessários para uso pessoal ou de baixo valor monetário.

Algumas pessoas podem desejar os itens furtados passando a utilizá-los ou mesmo colecioná-los e, ainda, às vezes podem tentar devolvê-los de maneira discreta. Os indivíduos com cleptomania têm consciência do seu comportamento como errado e sem sentido, sentem vergonha e embaraço, dificultando a busca por tratamento.

Apesar do receio de ser preso, não planejam o ato e não consideram as chances de prisão. O comportamento de furtar acarreta profundo sofrimento pessoal, problemas legais e sociais, com consequências matrimoniais e comprometimento profissional. A cleptomania deve ser diferenciada do furto intencional ou inadvertido (quer planejado ou impulsivo), que é deliberado e motivado pela utilidade do objeto ou por seu valor monetário. Alguns indivíduos também podem furtar como um ato de rebeldia. O diagnóstico não é feito, a menos que outros aspectos característicos da cleptomania também estejam presentes.

Abaixo, questões que auxiliam na identificação da cleptomania. Lembre-se, o diagnóstico dessa ou qualquer outra patologia deverá ser feito por um especialista na área da saúde mental. O Hospital das Clínicas de São Paulo fornece atendimento gratuito. Veja em SERVIÇO no final da página.

Questões que auxiliam na identificação da cleptomania:

1. Você já sentiu um desejo irresistível de furtar?

a) sim

b) não

Se Sim, quando esse forte desejo aparece o quanto você consegue resistir ou controlar?

a) A maior parte do tempo;

b) Alguma parte do tempo;

c) Raramente;

2. Por que você furta? Assinale uma ou mais alternativas.

a) Porque sinto fortes desejos ou vontades de furtar;

b) Porque me sinto entediado ou deprimido com alguma situação da minha vida;

c) Porque sinto prazer após o furto, seguido ou não por vergonha e ou sentimento de culpa.

d) Porque sinto raiva ou quero me vingar da pessoa ou lugar onde estou cometendo o furto.

3. Você já cometeu alguma outra atividade ilegal?

a) sim

b) não

4. Ao longo da sua vida como é seu comportamento de furto?

a) Furto por períodos breves e depois tenho longos períodos sem furtar;

b) Furto por longos períodos e depois tenho alguns períodos sem furtar;

c) Furto o tempo todo, ou quase o tempo todo;

5. O que você faz com os itens que furta?

a) Guarda;

b) Guarda por um tempo, depois joga fora;

c) Dá para os outros;

d) Costuma usá-los;

e) Vende-os por dinheiro;

f) Troca por outros itens ou por dinheiro; dá em troca de outras coisas;

fonte: www.amiti.com.br

SERVIÇO:

Onde procurar ajuda – tratamento gratuito

PRO-AMITI - Serviço do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

R. Dr. Ovídio Pires de Campos, 785 - São Paulo - SP - Brasil - CEP 01060-970
+ 55 11 2661-7805

 




Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Como você vem cultivando suas relações?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.