DESTAQUES

Por que o adolescente apaixona-se com muita facilidade

Marta Relvas 03/11/2016 COMPORTAMENTO
Por que o adolescente apaixona-se com muita facilidade
Fonte: imagem Pixabay
O adolescente precisa de escuta e orientação

por Marta Relvas

Desde a adolescência, como surge o desejo e a atração sexual? O que acontece no cérebro e como influencia no corpo (reações fisiológicas)?

O desejo e a atração sexual na adolescência estão exatamente nas mudanças que acontecem no sistema de recompensa do cérebro, sendo considerado o conjunto de estruturas que premiam com uma sensação de prazer e provoca no cérebro do adolescente a vontade de querer mais e mais coisas que promovam a sensação de bem-estar.
Em contrapartida, a área do córtex pré-frontal é uma estrutura do cérebro humano que atua como autorregulador do processo emocional e de recompensa, e regula todas as reações provocadas pelo sistema emocional.

O córtex pré-frontal é considerado a área do cérebro social,  sendo que no jovem esse sistema está em pleno desenvolvimento e fortalecimento das conexões neurais, que são através da aprendizagem cognitivas que promovem a plasticidade neuronal intencional, sendo essa elaborada e fortalecida pela orientação social ou pela educação cognitiva dos pais e educadores.

É natural que o jovem tenha impulsos sexuais, pois basta estimular o sistema sensorial para toda a “cascata” de hormônios desencadearem um reação neuroquímica no sistema nervoso autônomo e central.

O adolescente apaixona-se com muita facilidade pela tendência de produzir substâncias denominadas fatores neurotróficos que tem a função de promover maior conexão neural, por conseguinte, aumenta a produção de dopamina. Por essa razão, o cérebro do jovem precisa ser orientado, e é necessário moldar essas reações neuroquímicas e fortalecer as conexões neurais do córtex pré-frontal de maneira que o jovem crie valores éticos, morais e consiga promover a percepção acertada das disposições e intenções de outros indívíduos pela cognição social ou “filtro” dos impulsos irracionais.

Dica: o adolescente precisa de mais ESCUTA e orientação.




TAGS :

    adolescente, paixão, cérebro, social

Marta Relvas

Bióloga; Doutora e Mestre em Psicanálise; Neuroanatomista; Neurofisiologista; Psicopedagoga e Especialista em Bioética; Tem certificação no programa internacional em Reggio Emília Study Abroad Program na Itália; Title of People Expression Special category Best Practices in Education Neurosciences and childhood and adolescence learning of Erasmus+ University – Europe – Portugal; Membro Efetiva da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento; Membro da Associação Brasileira de Psicopedagogia Rio de Janeiro; Autora de livros e DVDs sobre Neurociência e Educação – Transtornos da Aprendizagem publicados pela Editora WAK e Editora Qualconsoante de Portugal; Atua ainda como Professora Universitária na Universidade AVM Educacional / Cândido Mendes, nos cursos de pós graduação em Psicopedagogia, Psicomotricidade, Neurociência Pedagógica, e na formação Docente; Professora na Universidade Estácio de Sá no Rio de Janeiro nos cursos das áreas: saúde, licenciatura; Professora Mentora do curso de Neurociência e Educação CBI OF Miami. Professora, pesquisadora convidada no curso de pós graduação de Neurociência do IPUB/ UFRJ. Coordenadora do Programa de Pós graduação de Neurociência Pedagógica na Universidade Candido Mendes/ AVM Educacional. Palestrante no Brasil e no exterior.



ENQUETE

Você sente dificuldade de sair de um relacionamento abusivo?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.