DESTAQUES

Cinco perguntas que você deve se fazer após começar a sair com alguém

Eduardo Yabusaki 08/08/2018 PSICOLOGIA
Cinco perguntas que você deve se fazer após começar a sair com alguém
Fonte: imagem Pixabay
Não há fórmula para o sucesso em um relacionamento amoroso

Por Eduardo Yabusaki

1. Na convivência, fico confortável, sinto-me à vontade e sou eu mesmo?

Sabemos que esta pode não ser uma condição que se viva de imediato, mas no decorrer do relacionamento, é importante para que você fique bem e permita isso ao outro também. Se com o passar do tempo perceber que isso não acontece, é importante refletir sobre o que possa estar impedindo... se questões suas ou características do seu par que possam estar te inibindo ou mesmo te bloqueando. Isso pode interferir na intimidade do par e dificultar um maior envolvimento.

2. Temos intensidade um com o outro no campo afetivo e sexual?

No começo de um relacionamento é comum ter uma fase intensa em que tudo vem com furor, caracterizando a paixão, na qual tudo em relação ao par é mais importante do que tudo na vida, mas que também pode não acontecer assim, sendo de forma mais tranquila ou menos intensa, mas significativa para ambos.

3. Sinto que há troca com o meu par?

Um dos alicerces de se estar num relacionamento é, sem dúvida, a troca. Troca de experiências, sentimentos, carinho, amor, tesão, cada um do seu jeito. E a reciprocidade, não significa que se um fez o outro também tem que retribuir ou quando retribuir terá que fazê-lo na mesma proporção. Reciprocidade é a manifestação que cada um tem, do seu jeito peculiar de demonstrar os aspectos mencionados no início deste tópico.

4. Temos confiança um no outro?  

Confiança não diz respeito apenas à fidelidade, que é sim importante, mas principalmente, de como nos mostramos um para o outro: se somos transparentes e verdadeiros. Afinal, só podemos nos mostrar em nossa essência, se manifestarmos tudo o que pensamos, vivemos e acreditamos. É desta forma que nos tornamos conhecidos para o outro e construímos identificações verdadeiras. Se acreditarmos e confiarmos um no outro, seremos capazes de enfrentar e superar qualquer obstáculo. Confiança é fruto de um cultivar no  cotidiano do casal. Portanto, lute por ela.

5, Como é a nossa comunicação? Ela é boa e fluida ou truncada e difícil?

A boa comunicação é uma condição elementar para qualquer bom relacionamento. Afinal, esta será sempre umcanal para tudo, desde falar de coisas boas e manifestar desejos e expectativas, como resolver conflitos e superar dificuldades. Portanto, avalie com o seu par como acontece o diálogo entre vocês. Por vezes achamos que vai bem e a outra parte pode estar se sentindo oprimida em suas manifestações e não revela tal situação. Por vezes, sofremos calados achando que tudo vai passar e melhorar, mas esse dia pode demorar ou chegar tarde demais; e certamente não vale a pena correr esse risco.

A prática da boa comunicação pode ser bem mais simples do que se pensa. Basta praticar com muita paciência e tolerância, o falar e ouvir verdadeiramente, com empatia, ou seja, ouvindo e se colocando no lugar do outro, falando (com jeito) o que desejar.

Não existe fórmula para o sucesso em um relacionamento amoroso. O que podemos buscar é condições positivas e o zelo para com o par. Tudo depende apenas de nós mesmos em nos esforçarmos, dedicarmos e nos entregar plenamente (mas sem nos exaurir) para que isso possa acontecer.

Não tenha temor em se apaixonar e viver um grande amor. Acredite: vale muito a pena! Ame e seja amado!

Cinco perguntas que você deve se fazer antes de iniciar um relacionamento amoroso - clique aqui




TAGS :

    relacionamento, amoroso, dicas

Eduardo Yabusaki

Eduardo Yabusaki - Psicólogo e Sexólogo Especializado em Terapia Comportamental Cognitiva, Terapia de Casal e Terapia Sexual. Coordenador do Curso de Sexologia Clínica ministrado em diferentes cidades há mais de 15 anos. Docente convidado do Curso de Fromação em Sexologia Clínica de BH. Responsável pelo www.vidadecasalbh.com.br



ENQUETE

Você busca a tranquilidade ao acordar?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.