DESTAQUES

Deixe fluir...

Elisabeth Cavalcante 27/09/2018 AUTOCONHECIMENTO
Deixe fluir...
Fonte: imagem Pixabay
Desenvolver a arte da confiança, do deixar ir para permitir que o novo chegue, é a única atitude capaz de nos libertar da angústia em relação ao futuro

Por Elisabeth Cavalcante

Um dos principais aprendizados da vida é a consciência de que tudo, absolutamente tudo, é transitório.

O budismo, - filosofia oriental que se originou na Índia e mais tarde se consolidou na China e no Japão -, tem como base central o conceito da impermanência.

Sob essa perspectiva, emoções, pensamentos, pessoas, cenários, são todos temporários. Portanto, a atitude mais sábia é não permanecer apegado, mas deixar a vida fluir do modo como ela quiser.

É claro que este é um enorme desafio para nossas mentes ansiosas, que sempre querem estar no controle de todas as situações.

Apegar-se é reviver o tempo todo situações negativas, como se nada mais pudesse acontecer em nossa vida. Deste modo, impedimos que as potencialidades positivas se concretizem.

Desenvolver a arte da confiança, do deixar ir para permitir que o novo chegue, é a única atitude capaz de nos libertar da angústia em relação ao futuro.

O Universo se mantém em constante harmonia, o caos é fruto da visão distorcida do ser humano acerca de si mesmo e da realidade ao seu redor.

Enquanto não formos capazes de desenvolver essa percepção, continuaremos apegados aos nossos pensamentos e emoções, adiando eternamente a conquista da paz interior.

 

 




TAGS :

    impermanência, transitório, budismo, desapego, fluir

Elisabeth Cavalcante

Jornalista de formação, atuou na área durante vinte e cinco anos. Neste período, aprofundou também os estudos de psicologia, astrologia e tarô, e o processo de autoconhecimento através do budismo e dos ensinamentos do mestre indiano Osho. Atua profissionalmente como terapeuta holística há 17 anos.



ENQUETE

Um post na web traz a seguinte afirmação: muitos homens não procuram a mulher das suas vidas, mas sim a substituição de uma mãe. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.