DESTAQUES

De A a Z: o significado da paixão na adolescência

Anette Lewin 11/01/2019 PSICOLOGIA
De A a Z: o significado da paixão na adolescência
Fonte: imagem Pixabay
Verbete de hoje: paixão na adolescência

Verbete explicado a partir do e-mail enviado por uma leitora:

“Eu sou uma adolescente e me apaixono com muita frequência. Isso prejudica a mim e a outras pessoas. Eu tento parar, mas não consigo. Isso é uma doença?”

Por Anette Lewin
    
Não cara internauta, apaixonar-se com frequência na adolescência não é uma doença. Adolescência é a fase mais propícia para dar asas às fantasias, apaixonar-se pelo colega de classe, pelo menino mais popular da  turma, pelo charmoso professor de português, pelo cantor popular... Essas paixões, em sua maioria,  costumam ser platônicas, ou seja, a pessoa “amada” é difícil, quase impossível de ser conquistada. Assim o adolescente pode sonhar, sonhar, sonhar... E mudar de paixão quantas vezes quiser. Sem grandes frustrações.

Você, porém, escreve que se apaixona muitas vezes “e isso prejudica a você e a outras pessoas”. Não dá para saber o que você quer dizer com isso, então vamos para o campo das hipóteses. Talvez você se apaixone e consiga conquistar as pessoas, e depois se enjoe rapidamente de uma pessoa porque se apaixonou por outra. É isso? Se for, talvez a parte chata da história é a frustração que você acaba causando em quem se apaixona por você. E em você mesma, porque o que sente não se enquadra no que você esperava da paixão. Pelo menos não em termos de duração.

Mas para entender o que é paixão e amor para você,  é importante que você passe por essas experiências. Todas elas te ajudam a entender um pouco melhor o que é relacionamento amoroso, quais sentimentos estão envolvidos na vivência da paixão e quais as características de seus parceiros que você aprecia. Em algum momento, na medida em que for amadurecendo, vai ficar mais fácil escolher melhor seus amores e conseguir aprofundar seus relacionamentos.

Assim, tente viver plenamente essa fase tão difícil e ao mesmo tempo tão maravilhosa que é a adolescência. Não se preocupe tanto com oscilações e mudanças no que você sente e pensa.

Adolescência é uma passagem,  e como toda passagem tem suas curvas, seus altos e baixos, seus tombos . Aproveite para sonhar, imaginar, tentar, cair, levantar e, sobretudo, descobrir a vida e o amor. Você está em formação. Junte experiências e deixe as conclusões para mais tarde, quando você terá suas vivências pessoais para apoiá-las.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga Anette Lewin responderá sobre relacionamento amoroso, conflitos na vida a dois e conjugal. Esta resposta possui dois formatos: 1º formato: responder as perguntas enviadas pelos leitores. 2º) formato: de A a Z, explicar através de uma palavra em específico (verbete) o significado do que sentimos ao amar. Esta palavra será extraída de um e-mail enviado pelo leitor a esta coluna. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    paixão, adolescência, comportamento, psicologia

Anette Lewin

É psicóloga graduada pela PUC/SP. É psicoterapeuta de adultos e adolescentes em consultório particular desde 1975 até a presente data. É coach em saúde mental.



ENQUETE

Como você reage às tragédias veiculadas pela mídia?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.