DESTAQUES

Temperamento melancólico; entenda

Celso da Silva 05/04/2019 COMPORTAMENTO
Temperamento melancólico; entenda
Fonte: Google Imagens
Esse tipo tende a ser pensativo e romântico

Por Celso da Silva

No post anterior, falei sobre o temperamento colérico (veja aqui). Dou sequência agora desenvolvendo o perfil do temperamento melancólico.  

Ao analisar um cliente, o domínio técnico e sensibilidade são necessários para o sucesso da tarefa do visagista - esteticista que adequa a imagem do indivíduo à sua personalidade.   

Muitos indivíduos “clientes” não se demonstram satisfeitos quando iniciado o processo de consultoria, receber um diagnóstico sobre sua personalidade. Essa insatisfação ocorre com frequência quando sinalizado ser do tipo Melancólico.  A reação é de espanto e de acusação ao profissional, informando que esse não o conhece, que jamais teria esse perfil.

Acontece que normalmente esse temperamento não será totalmente dotado dessa característica melancólica, baseada no sofrimento, como a nomenclatura incita. A reação de espanto esboçada inicialmente nos parágrafos acima, também pode ser decorrente de suas características como: sensibilidade, autocuidado e delicadeza.

São pensativos e românticos.

São divididos em duas categorias: o melancólico artistico e o melancólico científico. O formato do rosto varia de oval a triângulo invertido para os artísticos (foto acima) e retangular para o científico. Na primeira modalidade são indivíduos que agem baseados na emoção e a segunda categoria são mais frios, lógicos, sistemáticos e detalhistas.

Ambos são indecisos, tímidos e introvertidos; pela sua quietude são confundidos com pessoas antipáticas. Por serem conservadores, têm dificuldade de lidar com coisas novas, causando ansiedade e uma tendência à depressão.

Seu tipo físico tende a ser alto e magro, anda com cuidado e senta delicadamente. Costuma apreciar boa vestimenta e boa culinária.

São pertencentes ao elemento Terra e sua cor é o azul.

As danças associadas a esse temperamento são organizadas, como as de coreografia, balé e minuetos.

Enfatiza-se que os temperamentos podem assumir associação com os demais, portanto, não evidenciar apenas uma característica, repentinamente, colabora para o sucesso da análise.

Atualmente, mediante a pressão do dia a dia, encontramos pessoas com características similares a desse temperamento, apresentando a ansiedade.

Seria um equívoco fazer prevalecer somente esta qualidade por parecer mais evidente mediante outras.

Dica: a sua imagem pessoal está atrelada às suas habilidades técnicas e profissionais. Por isso atente-se, pois na maioria das vezes a primeira impressão é a que vale, e pode não haver a possibilidade de mostrar uma nova versão, que muitas vezes seria a correta.




TAGS :

    visagismo, visagista, beleza, estética

Celso da Silva

Graduado em Beleza e Estética, Mestrando em Educação pela Fundação Ibero americana, Psicopedagogo, Especialista em Docência para o Ensino Superior, Especialista da Docência do Ensino Profissionalizante. Professor Universitário das disciplinas. Visagismo, Maquiagem, Colorimetria, Projetos interdisciplinares, Estética capilar com tratamento de couro cabeludo e fio. Tutor em Consultoria da Beleza, Evento, cerimonial e etiqueta. Instrutor Senac em curso de cabeleireiro e atuante em espaço de beleza próprio.



ENQUETE

Qual o preço de se buscar a perfeição?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.