DESTAQUES

Por que ficamos doentes?

Patricia Gebrim 18/06/2019 AUTOCONHECIMENTO
Por que ficamos doentes?
Fonte: imagem Pixabay
Saiba quem realmente você é e como atingir a autocura

Por Patrícia Gebrim   

A cura não está fora. Vem de dentro. Adoece quem vive uma vida que não tenha sintonia com sua essência. Quando você está sendo quem de verdade é, quando está em sintonia com a sua alma, você está conectado a uma energia que nutre e protege suas células. Mas quando se afasta de seu verdadeiro Ser, você perde essa conexão. Se a conexão não for restabelecida, você pode adoecer. Isso não é ruim. É um mecanismo que tem a função de gerar equilíbrio, de despertar você, de convidá-lo a redirecionar a sua vida.

A cura requer que você pare de trair a sua luz, que você se reconecte ao amor, sua mais verdadeira essência. A cura vem de uma escolha. Amar a vida. Receber cada dia como um presente. Compartilhar o seu melhor com o mundo. Cocriar, de mãos dadas com essa força maior que sustenta as estrelas no céu.

A cura é uma possibilidade para todos.

A doença é o esquecimento.

Lembre-se. Você é feito de luz. Cada célula de seu corpo é feita de luz. Você pode trocar a palavra luz por Amor. Sinta isso agora mesmo. Pulsando em seu corpo, se expandindo. Acredite. Não há força mais poderosa no Universo, do que essa energia que agora mesmo se encontra em cada uma de suas células. Desperte-a. Cure a si mesmo.

Sim. Você é poderoso assim!

 




TAGS :

    cura

Patricia Gebrim

É Psicóloga Clínica, atua numa abordagem transpessoal. Seu trabalho é direcionado a favorecer o autoconhecimento e a transformação das crenças limitadoras que nos mantêm aprisionados a padrões repetitivos de escolhas. É escritora, publicou 'Gente que mora dentro da gente' e o best-seller 'Palavra de Criança' pela editora Pensamento



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.