DESTAQUES

Transforme-se para melhor

Emilce Shrividya Starling 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
Faça um pacto com o presente: o passado não existe mais

por Emilce Shrividya Starling

Somos o resultado da nossa educação, da cultura, do ambiente, do sistema social, da religião, da atuação do Ego. Ao mesmo tempo em que somos construídos, nós construímos nossa personalidade.

O Ego representa nossa identidade e capacidade de decidir. Quando o ego é negativo, a pessoa se sente vitima do ambiente, dos conflitos e da carga genética. Se seus pais são deprimidos, você pode se tornar deprimido. Se eles (pais) tiverem traumas na infância, podem se tornar frustrados, medrosos, ansiosos e raivosos. Essas características podem ser transmitidas aos filhos.

Porém, podemos mudar nossa história se purificarmos nosso ego. Para vencer o ego negativo precisamos torná-lo positivo para que, então, ele possa se conectar com o Ser interior, nossa verdadeira essência.

Os padrões mentais negativos, que estão depositados em nosso subconsciente, formam o ego negativo que nos domina. Não podemos permitir que esses ladrões internos minem nossa alegria e paz interior.

Não podemos ser submissos ao ego negativo, com todas suas ilusões e armadilhas como os medos, angústias, a não aceitação de críticas e perdas. Portanto, esses padrões mentais negativos precisam ser purificados e substituídos por padrões mentais positivos.

Precisamos transformar a mente negativa em uma mente positiva, amiga , tranquila, amável, autoconfiante, silenciosa, com autodomínio. Essa mente positiva pode nos conduzir à nossa fonte interior de força e amor.

O ego positivo pode ser atraído pela Luz do Ser interior através da meditação, do canto dos mantras, do relaxamento. E, desse modo encontramos nosso centro de quietude, alegria e sabedoria.

E, ao sentir essa conexão, abrimos nossos corações para o perdão, para a tolerância, para a compreensão. Vamos desenvolvendo qualidades como coragem, bondade, compaixão, perseverança, confiança.

Para conseguir o equilíbrio e a tranquilidade da mente, precisamos saber lidar com a mente, conhecê-la melhor, entender suas Leis.

Contemple as sete Leis da mente:

- Você só pode sentir o que pensa.

- Você se torna o que pensa.

- Você colhe o que pensa. (lei de causa e efeito)

- Seus pensamentos moldam e controlam sua vida.

- Você atrai o que pensa.

- Semelhante atrai semelhante.

- Você é seu próprio amigo, você é seu próprio inimigo.

Podemos observar que as circunstâncias externas que vivemos são manifestações externas do conteúdo de nossa mente, de nossa conversa interna.

Não deveríamos aceitar ser dominados pelos conflitos emocionais que afetam nossa qualidade de vida. Precisamos agir, não apenas reagir passivamente aos pensamentos negativos e emoções destrutivas como a culpa, raiva ou pânico.

Como diz o yoga, se você esperar que o medo desapareça antes de você mudar, você vai ter que esperar por muito tempo. Quanto mais evitar situações que lhe provoquem medo, mais sentirá ansiedade e esse medo aumentará.

Enfrente seus medos imaginários

Assim, quanto mais aprender a lidar com o medo, quanto mais enfrentá-lo com inteligência emocional, mais vai se sentir confiante. Um pouco cada dia, enfrente seus medos imaginários. Sem se cobrar, sem expectativas, com paciência, procure se equilibrar e se conectar com sua fonte interior .

Ouse enfrentar novos desafios, descubra seu potencial. Compreenda que é normal sentir medo em situações novas. E, ao enfrentá-las, você se fortalece, tem mais autoconfiança .Isso é fazer amizade com você mesmo. É descobrir sua coragem que vem do Ser interior.

Se pensar em seus pontos fracos, se sentirá fraco. Se pensar em seus talentos, habilidades, se sentirá forte. Se identificar-se com o fracasso, terá fracasso. Se identificar-se com o êxito, terá êxito. Lembre-se : “Pode quem pensa que pode”.

Não adianta se revoltar ou não aceitar sua colheita, seu destino. Entenda essa lei básica: Cada um colhe o que planta. Assim como um agricultor, se plantar repolho, ele colherá repolho e nada diferente disso.

Do mesmo modo, acontece conosco. Colhemos o que plantamos com nossos pensamentos, palavras e ações. Estamos colhendo no momento presente, o que já plantamos no passado. Nada acontece por acaso. Tudo tem uma causa e um efeito.

Vamos aumentando ‘nossos créditos’ no banco da vida com nossos atos de boa vontade, de altruísmo, de bondade, ou vamos diminuindo nossos méritos, agindo com maldade, egoísmo, raiva, inveja.

Em vez, de reclamar e dizer: “Por que isso aconteceu comigo? Por que sofro assim? Que injustiça é essa?” É preciso que você entenda que existe uma Lei de justiça divina, de sabedoria e bondade.

Apesar de, muitas vezes, querermos as coisas de maneira diferente, Deus quer que extraímos algumas lições dos acontecimentos. Ele tem um plano de evolução para nós.

Portanto, em vez de reclamar, devemos agradecer a tudo, tanto as coisas boas como as coisas difíceis, porque assim vamos criando “músculos na alma”, nos fortalecendo interiormente, despertando nosso poder interior, que é Deus em nós.

Contemple esse sábio ensinamento: Nossos pensamentos criam nosso mundo e nossas palavras revelam o que pensamos. Ao controlar as palavras, eliminando as reclamações, atraímos o que desejamos.

Pare de se lamentar. Não se sinta vítima. Pare de falar de doenças ou de seus problemas, querendo atrair simpatia e atenção. Comece a perceber suas reclamações e tome consciência como reclama muito mais do que imaginava.

Verifique como você alimenta pensamentos negativos, permitindo que eles se espalhem pelo seu dia e até por anos. Perceba como eles geram ansiedade, insegurança, angústias, tirando sua paz e alegria.

Pacto com o presente

Pare de remoer o que já passou. O passado não existe mais.

Aceite a si mesmo, aceite os outros. Mude seus pensamentos. Mude as palavras, fale sem irritação, evite reações emocionais excessivas e estará mudando sua vida.

Procure ajudar as pessoas, um pouco em cada dia, e verá como vai ser mais feliz. Quando ajudamos os outros, seja apenas olhando nos olhos, sorrindo, ouvindo suas palavras com atenção, tendo mais tolerância, você sai do seu sofrimento e sente-se melhor.

Através das práticas da hatha yoga, da contemplação, da meditação, do canto dos mantras, do relaxamento (yoga nidra), dissolva os padrões mentais negativos e vá construindo um ego positivo e uma mente amável. Transforme-se para melhor! Seja seu próprio amigo!

Fique em paz! Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!




Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Amor: você considera sua relação frágil?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.