DESTAQUES

Estou deprimida, meu marido me disse que estou gorda e sem atitude

Margareth dos Reis 01/01/2016 PSICOLOGIA
Baixa autoestima impede a pessoa de promover situações gratificantes

por Margareth dos Reis

"Estou passando por um momento difícil em meu casamento. Estou com depressão e sinto muito ciúme do meu marido; sem falar na falta de confiança que eu tenho. Ele não me entende, não sinto vontade de fazer nada e nem de me arrumar. Ele me disse que estou gorda e que não faço nada. Preciso de ajuda. O que fazer para melhorar? Desde já, muito obrigada"

Resposta: Geralmente, a autoestima rebaixada impede a pessoa de promover situações gratificantes em sua vida.

Esse pode ser o seu caso, em que a tendência é alimentar as atribuições negativas sobre tudo em seu entorno afastando-se (até inconscientemente) de sonhos e planejamentos possíveis de realização.

Uma vez isolada em suas crenças desfavoráveis em relação a si mesma, a sua imaginação pode levá-la a achar que os outros a avaliarão como você se avalia. Neste caso, o seu maior desafio reside na superação das amarras que a impedem de tomar iniciativas, em especial, a de se cuidar física e emocionalmente, em prol do seu bem-estar.

Cá entre nós, o problema não está no que o seu marido fala para você, mas em como você assimila e responde do ponto de vista emocional à dinâmica do relacionamento conjugal.

Meta para adquirir autoestima

A conquista de sua autoconfiança deve ser a sua meta então! As circunstâncias adversas não permitem interações bem-sucedidas e prazerosas. Com a visão (e antevisão) de obstáculos inamovíveis, o desdobramento de situações desfavoráveis para você e para o seu relacionamento (conjugal, profissional, familiar e social) tende ao infinito.

Somente a recuperação da paixão pelas suas metas a ajudará a investir energia "apaixonada" em todos os importantes campos de sua vida, como exemplo podemos citar o pessoal, o íntimo e o sexual.

Não hesite em fazer uma psicoterapia (e/ou acompanhamento psiquiátrico concomitante) para compreender o significado das suas reações emocionais e sentir acolhimento num contexto apropriado para o seu desenvolvimento como pessoa.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga especializada em sexualidade Margareth dos Reis responde sobre dúvidas em relação à vida sexual e sexualidade. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Margareth dos Reis

É Psicóloga Clínica, Terapeuta Sexual e de Casais no Instituto H.Ellis-SP; psicóloga no Ambulatório da Unidade de Medicina Sexual da Disciplina de Urologia da FMABC; Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo; epecialista em Sexualidade pela Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana – SBRASH; autora do livro “Mulher: produto com data de validade” (ED. O Nome da Rosa) Mais informações: www.instituto-h-ellis.com.br



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.